O bicho-da-seda é a larva de uma mariposa. Quando nasce mede cerca de 2,5 mm de comprimento. Durante 42 dias alimenta-se sem parar, de folhas de amoreira e sofre quatro metamorfoses.
Quando atinge o tamanho de 5cm, começa então a tecer um casulo branco e brilhante, composto por um único fio. Com um movimento geométrico infinito, em torno de seu próprio corpo, após três dias de trabalho, estará envolta em um casulo confeccionado por um fio de aproximadamente 1200 metros. Se for deixada em paz... Em 12 dias se transformará numa borboleta.
Com esses fios, há quase três décadas, ando tecendo a minha história. Por um desejo simples, desprovido de maiores intenções, eis aqui um espaço onde me proponho a compartilhar minha trajetória e falar livremente sobre todo tipo de arte, incluindo a arte de viver.
Bem-vindos ao meu mundo, onde nem tudo é sempre colorido, transparente, leve, mas que guarda em si, todas essas possibilidades...

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Roupa nova nas paredes

 

 

 


Ninguem é obrigado a viver num lugar assim, nem eu! Foi o que pensei quando aluguei esta casinha e veja o jeito que encontrei de transformar esses ambientes sem quebradeira e sem gastar quase nada

> 
Posted by Picasa


Mas quem conta esta estoria direitinho é a Ana Medeiros e se quiser aprender a fazer, clica aqui

5 comentários:

Tati disse...

Incrível essa técnica.

Obrigada por compartilhá-la conosco.

Um grande Beijo e parabéns pelo Blog

Helena Erthal disse...

Ita, parece que não existe problema que você não resolva...tudo acaba bem resolvido e melhor...bonito!!!

beijos

Monica Loureiro disse...

Que lindo, Ita...
Vou olhar com calma na ANA MEDEIROS

Andressa disse...

Estou impressionada com a sua criatividade e talento! Foi você mesma que criou a técnica?
Parabéns viu Ita e muito obrigada por mostrar o passo-a-passo lá no blog da Ana.
Já estou querendo fazer no meu banheiro....rsrsrs

Beijão!

Carla Regina disse...

Aí ó! Minha cozinha tb é antiga e feia,mas se eu fizer isso o dono me mata...dá muito trabalho desmanchar depois?
Beijos!