O bicho-da-seda é a larva de uma mariposa. Quando nasce mede cerca de 2,5 mm de comprimento. Durante 42 dias alimenta-se sem parar, de folhas de amoreira e sofre quatro metamorfoses.
Quando atinge o tamanho de 5cm, começa então a tecer um casulo branco e brilhante, composto por um único fio. Com um movimento geométrico infinito, em torno de seu próprio corpo, após três dias de trabalho, estará envolta em um casulo confeccionado por um fio de aproximadamente 1200 metros. Se for deixada em paz... Em 12 dias se transformará numa borboleta.
Com esses fios, há quase três décadas, ando tecendo a minha história. Por um desejo simples, desprovido de maiores intenções, eis aqui um espaço onde me proponho a compartilhar minha trajetória e falar livremente sobre todo tipo de arte, incluindo a arte de viver.
Bem-vindos ao meu mundo, onde nem tudo é sempre colorido, transparente, leve, mas que guarda em si, todas essas possibilidades...

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Poesia ou Filosofia?


Os ventos de Paraty bailam com as sedas das minhas cortinas e a alegria atira pedrinhas nas minhas vidraças. Vou agora mesmo varrer a frente da minha porta... Bem pode acontecer que a felicidade queira entrar

9 comentários:

Monica Loureiro disse...

Já entrou, pode ficar tranquila...
Adorei a foto....Adorei o Post....

Ah, estas figuras poéticas de Paraty....

João Olavo disse...

Acho que os dois..um pouco de filosofia um pouco de poesia...
e acrescentando um pouco de premonição..rs.
Obrigado pela dica do livro..vou comprar hoje mesmo..quem sabe assim consiga entender "vocês"..rs
beijão.

Pablo Lima disse...

olha que entra,hein... (:

abraços!

vida cotidiana disse...

Poesia e filosofia, com certeza, e um pouco da energia dessa cidade maravilhosa que é Paraty, vai lá deixa a felicidade entrar, bjs

Calabresa disse...

Ita:
Poesia e filosofia.
Se ela passar na sua calçada convida pra entrar e tomar um café!
Beijão!

Calabresa disse...

Corrigindo:
Quando ela passar. Pq ela sempre passa...

Marisa Pimenta disse...

Nosa Ita, q lindo, mas tb nesta cidade a felicidade é, realmente, presente.Estou c mta saudade ,porém minha amiga foi ver os netos na argentina e acabei não indo aí neste fim de semana. Brve aparecerei. Qdo vem aqui em Niterói? Carinho e bjks

Lu Fuoco disse...

Já entrou, querida!
Amei a janela. É a sua?
Beijo

Ita Andrade disse...

Oi gente querida!
A felicidade entrou sim! agora estou esticando a conversa, cuidando bem dela a ver se a convenço a ficar...
A janela é minha sim, pois tudo o que construimos, nasce primeiro no coração...
Beijos, flores, música, doces, luzes e carinhos para todos